Multiespectral (R, G, RE, NIR)

O princípio do mapeamento da vegetação baseia-se na assinatura espectral das plantas (vulgo cor).

As plantas saudáveis absorvem radiação solar de forma intensa na região do vermelho (fonte de energia no processo de fotossíntese), e reflectem intensamente na região do verde e infravermelho próximo. 

O sensor multispectral, associado à grande resolução e detalhe das imagens, permite medir a quantidade de radiação absorvida / reflectida em cada região do espectro, permitindo assim uma quantificação do estado de saúde da vegetação e a respectiva densidade de clorofila.

Desta forma, é possível correlacionar estes valores com a) a biomassa, b) a área foliar, c) a presença de pragas e doenças, d) o vigor vegetativo e o e) stress hídrico.

O sensor multiespectral dispõe de 4 bandas, além do sensor RGB: Verde, Vermelho, Red Edge e Infravermelho próximo.

Comportamento da luz ao longo do espectro

RGB (Red, Green, Blue)

Sensor de cor real (Vermelho, Verde e Azul)
Ortofoto cor real (RGB)

RE (Red Edge)

Capta a região entre o Vermelho e o Infravermelho.
Ortofoto Red Edge (RE)

NIR (Near Infrared)

Capta a região do infravermelho próximo

Ortofoto Infravermelho (NIR)

Índices de vegetação

Mapeamento do vigor, entre muitos outros

Mapa de vigor NDVI (Normalized Difference Vegetation Index)